Professor da Baixada Fluminense vai conduzir a tocha olímpica

Formado pela Uniabeu, o professor de Educação Física Guilherme Simões é morador de Belford Roxo

 

Foto: Gabriela Mineiro
Foto: Gabriela Mineiro

O professor de Educação Física Guilherme Simões, 34 anos, vai representar a Abeu Colégios no revezamento da tocha olímpica, em Nova Iguaçu, previsto para agosto. Ele é o educador embaixador da unidade de Nilópolis, considerada a escola da Baixada Fluminense que mais inscreveu trabalhos no Festival das Escolas da Coca-Cola. Foram cerca de 100 projetos elaborados pelos alunos com o incentivo de Simões.

“O professor Guilherme Simões realizou um trabalho excelente. Como diz o slongan do projeto,Espalhando a felicidade através do movimento’, ele literalmente conscientizou os seus alunos da unidade Nilópolis da importância do evento. Por isso, o merecido título de embaixador e o direito de participar do revezamento”, explica a coordenadora de Esporte da Abeu Colégios, Kárem dos Santos Ferreira.

Foto: Gabriela Mineiro
Foto: Gabriela Mineiro

O professor Simões e as alunas Paula Sant’Ana, Alexandra Luparelli, Juliane Aguiar e Vanessa Pontes, que terminou o ensino médio em 2015, vão conduzir a tocha olímpica dos Jogos de 2016. “Nunca imaginei ganhar uma oportunidade como essa. Será um momento marcante na minha carreira profissional, ou melhor, na minha vida”, analisa emocionado Simões.

Formado há 11 anos pela Uniabeu e trabalhando há dez na Abeu Colégios, Simões não nega que os 200 metros de percurso em poder da tocha vai mexer com suas estruturas. “Como não imaginar um certo tremor nas pernas em uma ocasião tão especial?”, questiona. Para ele, os Jogos Olímpicos fazem brilhar os olhos de todos que atuam direta ou indiretamente com o esporte.

Morador em Belford Roxo, Simões considera mais especial a condução do símbolo olímpico por estar programado para Nova Iguaçu. “Estou duplamente feliz pela oportunidade. Vou participar de uma ocasião especial na região onde moro, na Baixada Fluminense”, comenta.

Segundo a coordenadora Kárem Ferreira, para a instituição é um muita satisfação ter o professor Simões e as quatro alunas no revezamento da tocha olímpica. “É um orgulho fazer parte de toda a movimentação das Olimpíadas. Esse evento é o que há de melhor para nós que somos da área de educação física”, conclui. 

 

Por: Fernando Fraga

Assessoria de imprensa da Uniabeu

 

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: